Buscar

Onde se hospedar em Londres: dica de hospedagem prática e econômica

Atualizado: 15 de Mai de 2019

Uma resenha da nossa experiencia no Studios 2 Let Serviced Apartments, uma opção para se hospedar em Londres sem ir à falência


Visitar Londres é um verdadeiro sonho, mas a cotação da libra chega a ser intimidadora e dormir debaixo da ponte não é uma opção!


Por isso, ao planejar nossa #eurotrip2019, sai numa verdadeira caça por hospedagem digna e pagável. Com um agravante: não queríamos compartilhar banheiro, o que já reduzia as opções mais baratas. Por outro lado, Londres é gigantesca, com vários bairros bacanas para se hospedar e milhares de opções de acomodação. Céus! O que fazer?


Decidi, então, primeiro montar o roteiro para depois ver qual hospedagem seria mais estratégica, poupando tempo e/ou deslocamentos.


No plano inicial, nós faríamos um bate-volta para Liverpool (saindo de manhã bem cedo e voltando tarde da noite), usando o trem que parte da Estação Euston.


Além disso, também estava certo que faríamos o tour “The Making of Harry Potter” nos estúdios da Warner Bros., que ficam em Leavesden. Para isso, pegaríamos um trem da estação Euston até Watford Juction e, de lá, o ônibus da própria Warner, que sai de frente da estação.


Pra completar, seguiríamos viagem para Amsterdam e o trem partiria da estação St Pancras International, que fica a 10 minutos de caminhada da estação Euston.


Conclusão: ficar nessa região nos pouparia um bom tempo e deslocamento. Foi assim que decidi procurar hospedagens próximas a essa estação! A partir disso, foi só delimitar a busca nos sites de reserva de hotel.


E foi dessa forma que nos deparamos com o Studios 2 Let Serviced Apartments (36-37 Cartwright Gardens).


Vantagens: custo-benefício e localização.


Como se não bastasse as considerações acima, o Studios 2 Let fica a 10 minutos da estação King`s Cross (que, aliás, é praticamente colada na St Pancras), uma estação muito bem servida de metrôs (inclusive de e para o Aeroporto de Heathrow) e onde fica a famosa “Plataforma 9 ¾” – que seria outra atração do nosso roteiro.


Ao contrário de outras experiências, não achamos a região mal encarada ou insegura e fomos a pé para o Studios mesmo nos dias em que voltávamos já de noite dos passeios.


Pracinha em frente ao Studios 2 let.

Tivemos, ainda, a grata surpresa de descobrir que a hospedagem fica em frente a uma pracinha muito tranquila. É incrível: você está no fervo de gente, carros e comércio da Euston Road, anda duas quadras e cai no silêncio e na tranquilidade da Cartwright Gardens!


Para quem quer economizar, a hospedagem também é uma ótima opção: os quartos têm pia, cooktop, forno elétrico, micro-ondas, frigobar e utensílios de cozinha (veja algumas fotos no final do post) - estrutura que aproveitamos para preparar nosso café-da-manhã (passamos em um Tesco Express e compramos pão, queijo, presunto e sachês de cappuccino que saíram por ₤7,29 e garantiram o café-da-manhã para duas pessoas por 3 dias).


Além disso, no subsolo ficam duas máquinas de lavar, duas secadoras e uma tábua de passar com ferro, todas à disposição dos hóspedes das 08h às 20h, sem custo extra. Na recepção, eles vendem um mini sachê de sabão líquido por ₤1, mas você também pode comprar o produto em um mercado e usar, sem problemas.

Desvantagens: espaço da acomodação e comodidades escassas.


Nosso quarto (“Estúdio Standard”) - tinha 12m2 e o banheiro era pequeno. Eu, que sou baixinha, não tive problemas, mas meu esposo, com seu 1,71m achou o boxe do banheiro bem apertado. Tenha em mente que em 12m2 estão instalados o banheiro, a mini-cozinha e a cama. A acomodação dispõem de outros tipos de apartamento, alguns bem mais espaçosos – mas, consequentemente, mais caros.


Considere também que, no quarto, não há divisórias entre a parte da cozinha e a cama e, caso você cozinhe, o quarto vai ficar eventualmente cheirando a comida.


Além disso, só há serviço de limpeza para estadias superiores a 7 diárias. Como ficamos 6 dias, não houve qualquer serviço de quarto ou de limpeza: nós éramos responsáveis por manter a habitabilidade e a organização do lugar. Por outro lado, você pode solicitar mais amenities, inclusive sachês de chá e açúcar, na recepção. Nós pedimos açúcar, sabonete e papel higiênico extra e na hora nos entregaram.


Também não há elevador: embora tenhamos solicitado um quarto no primeiro andar no momento da reserva, na hora do check-in só havia disponibilidade no subsolo ou no terceiro andar. Acabamos optando por esse último, pois tínhamos receio de que, no subsolo, houvesse muito barulho por conta da movimentação dos hóspedes. Ou seja: tivemos que subir e depois descer 3 lances de escada (60 degraus) com as nossas malas e mochilas.


Nosso quarto ficava de frente para a pracinha, mas não tivemos qualquer problema com barulho e a cama era bem confortável. No entanto, as cortinas NÃO eram blackout. Se a luminosidade te incomoda para dormir, leve uma máscara para os olhos (foi o que fiz).


Conclusão: valeu a pena? Com toda a certeza! Achamos o preço muito bom e o espaço reduzido e a falta de serviço/elevador não foram um problema. Além disso, passávamos o dia todo fora e voltávamos só para tomar banho e dormir. A cozinha no quarto foi muito útil tanto para economizar com café-da-manhã quanto para preparar a janta no dia em que voltamos supertarde e cansados e apenas passamos no mercado, compramos uma salada e umas massas congeladas, esquentamos no hotel, comemos e já fomos dormir. Também lavamos roupa uma vez – de modo que a lavadora e a secadora disponibilizadas pela acomodação foram muito úteis.


Detalhes do quarto: box do banheiro; microondas e torradeira; sachês oferecidos pelo Studios (chá, açúcar, leite e café) e cozinha (pia, cooktop, forno e chaleira elétricos)

“Tem mais alguma coisa perto que valha a pena?” Siiiiiiiim! A British Library (que também visitamos), além da praticidade de Mercados (Tesco Express e Waitrose) e pubs (jantamos um dia no McGlynn's Free House, outro no O'Neill's King`s Cross e outro no The Barrel Vault - JD Wetherspoon).


“E carpete?” Nããããããããão! Para a alegria de alérgicos e narizes em geral!


“Tem aquecedor?” Sim, no quarto E no banheiro, ambos muito eficientes!


“Ahn... Ar-condicionado?” Então... ao que tudo indica e nossa falta de conhecimento permitiu entender, sim: tinha uma saída de ventilação no teto e um controle com ícone de frio, mas considerando que pegamos temperaturas entre 2 e 9 graus, vamos ficar devendo essa informação mais precisa pra vocês =/ Desculpa, gente!


P.S.: Nossa reserva foi feita pela Hoteis.com. Porém a hospedagem também está disponível no Booking.com, onde a Raissa deixou um presente para você que quer economizar um pouquinho com estadia na sua próxima viagem: use o link https://www.booking.com/s/35_6/massul59 e, depois de realizada a reserva, você ganhará R$ 50,00 para resgate em cartão de crédito ou para utilizar na sua próxima reserva pelo site ou aplicativo do Booking.


E você? Já foi para Londres? Onde se hospedou? Tem alguma dúvida? Deixe nos comentários!

44 visualizações
  • Black Instagram Icon

Formigas Viajantes - 2019

Viagem - Turismo - Dicas

  • Black Instagram Icon